23 novembro 2005

"Eu fico com o meu Babookinho!"

Ontem eu e o Afonso ficámos em casa. Com tantas noites mal-dormidas, desde Sábado, achei por bem deixá-lo um dia a descansar (já que na escola as sestas são mais pequeninas). Passou o dia muito bem disposto: de manhã fizemos pinturas com os dedos, a titi foi lá almoçar e fez uma sesta (não muito grande) de cerca de duas horas e meia. Pois ele deve de ter gostado muito do dia de ontem, porque hoje acordou e não queria ir para a escola. "Quero ficar em casa, com a mãe!" "Ó Afonso, mas hoje não pode ser. Eu tenho de ir trabalhar!" Ai é!? Pronto então afinal já não era comigo que queria ficar... mas com aquele que fica sempre. "Então quero ficar em casa com o meu Babookinho!" Pois... boa solução: deixar o pirralho de três anos sozinho em casa com o cão. Havia de ser jeitoso, óuó!

0 Comentários:

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial